4 tipos de telhados e coberturas para a sua casa

Por mais incrível que pareça, a montagem do telhado de um imóvel pode ser uma das etapas mais custosas de toda e qualquer obra.

Isso pois, além das telhas em si, é preciso contar com um profissional qualificado para supervisionar e executar a obra, bem como madeira de qualidade para montar uma estrutura robusta o suficiente para sustentar todo o telhado.

Além disso, é preciso levar em conta que não existe um único tempo de cobertura para um imóvel: na verdade, há vários tipos de telhas, cada qual com suas característica. Por conta disso, é preciso pesquisar a respeito de todos eles para decidir qual é o melhor para o seu projeto.

Quer aprender mais sobre isso? Então continue lendo e aprenda mais a respeito dos principais tipos de telhados e coberturas para o seu imóvel:

  1. Telhados tradicionais

No Brasil, o modelos mais comum de telha é aquele feito de cerâmica. Também conhecida como barro cozido, é preciso ter em mente que ela nem sempre pode ser a melhor para o seu projeto. Consequentemente, é sempre interessante buscar outras opções, tais como:

  • Telha de aluminio;

  • Telha de concreto;

  • Telha esmaltada;

  • Telha de fibrocimento.

Além de questões como o peso, a resistência à água e a inclinação que cada tipo de telha pede, também é interessante levar em conta que cada um desses modelos tem um apelo estético diferente.

Enquanto que uma telha cerâmica dá um ar mais rústico à construção, uma que seja feita em cimento faz com que ela se torne mais moderna.

Da mesma maneira, é essencial lembrar que cada matéria-prima tem um custo, e, consequentemente, isso tem um impacto no custo do telhado.

Por exemplo, a um telhado ondulado costuma ser mais barato que os demais, justamente pelo fato de a sua matéria-prima ser mais em conta.

 

  1. Telhados transparentes

Ao elaborar um projeto, todo e qualquer arquiteto vai se preocupar com o aproveitamento da luz do sol. Isso pois, além dela tornar os ambientes mais agradáveis, essa radiação também reduz a necessidade de luz elétrica, o que, por sua vez, traduz-se em uma economia considerável para os proprietários do imóvel.

A boa notícia é que, ao contrário do que as pessoas pensam, janelas grandes e portas de vidro não são os únicos recursos disponíveis para permitir que a luz do sol entre em um imóvel: também há a possibilidade de se investir em uma telha transparente, como as de vidro.

Deste modo, ela também tornará o local muito mais iluminado.

Por mais vantajoso que o uso desse item seja, é preciso ter em mente que ele tem uma desvantagem considerável: seu peso.

Consequentemente, quem pretender usar telhas de vidro em casa pode precisar elaborar uma estrutura ainda mais robusta para suportá-las.

  1. Coberturas de lona

Por mais que o telhado sempre esteja presente em edificações diversas, não é a única opção para manter uma área coberta.

No caso de locais como a garagem e uma churrasqueira, por exemplo, é possível usar uma cobertura mais leve e barata: a lona. Trata-se de um polímero plástico flexível que é usada para confeccionar toldos.

Além disso, há outra vantagem importante em se usar esse material: a versatilidade. Ele pode ser usado como toldo para garagem, para churrasqueiras e, até mesmo, na vitrine de estabelecimentos comerciais, seja na vertical ou na horizontal.

Da mesma maneira, os toldos podem ser abertos e fechados sem maiores problemas, o que, por sua vez, permite que o local que os recebe seja usado de mais de uma maneira.

  1. Coberturas de policarbonato

Além da lona, outra alternativa muito popular para coberturas é o policarbonato. Ele se diferencia por ser rígido e transparente, o que, por sua vez, faz com que ele proporcione um apelo estético muito mais moderno ao ambiente onde for instalado.

Vale ressaltar que, por mais que ele seja uma cobertura transparente, sua matéria-prima filtra os raios UV, prejudiciais tanto à saúde humana quanto a mobílias de modo geral, principalmente as de madeira.

Também é interessante ter em mente que, se você está em busca de um material resistente para cobrir uma área da sua casa ou empresa, há muitas opções no mercado além da cobertura de policarbonato.

Há, por exemplo, a possibilidade de se usar a cobertura em vidro, de modo semelhante às telhas feitas com esse material.